Somos todos humanos? Interseccionando identidade e racismo enquanto construções sociais

  • Karina Vieira Silva

Resumo

Invisibilidade social, identidade, construções sociais, são conceitos nos quais um indivíduo é formado e se forma. Se é partir do olhar do outro que o sujeito se constrói, o racismo é uma forma de desumanização e de reificação desse sujeito no lugar de coisa e não de ser humano. Mesmo sabendo que o conceito de raça já foi derrubado, o racismo segue sendo praticado em qualquer instância, seja nas relações interpessoais, profissionais e/ou nas estruturas de formação do corpo social, o que se percebe é que a sociedade segue acreditando no mito da democracia racial. A publicidade como ferramenta de comunicação com forte influência comportamental acompanha esse mesmo raciocínio. Esse artigo tem como objetivo a problematização da seguinte questão: Se somos todos humanos, em igualdade de diretos, porque uns são mais humanos que outros?


Palavras Chaves: Identidade; invisibilidade; publicidade; racismo


 

Publicado
Jun 15, 2016
Como Citar
SILVA, Karina Vieira. Somos todos humanos? Interseccionando identidade e racismo enquanto construções sociais. Dignidade Re-Vista, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 12, june 2016. ISSN 2525-698X. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/dignidaderevista/article/view/211>. Acesso em: 20 sep. 2020.
Seção
Artigos