O direito humano a uma alimentação digna: como a agricultura familiar e as hortas domésticas auxiliam nesse direito

como a agricultura familiar e as hortas domésticas auxiliam nesse direito.

  • Isabella Cardoso Almeida PUC-Rio
  • Isabella Bleckmann Sá PUC-Rio
  • Bruna Motta Sant’Anna PUC-Rio

Resumo

A alimentação digna, como um direito humano e, portanto, direito de todos, é uma realidade ainda inalcançada em diversos lugares. Em 2015, transformou-se no ODS nº 2 – “fome zero e agricultura sustentável” – na tentativa global de erradicação à pobreza e à fome. Este artigo se propõe a buscar maneiras sustentáveis de solucionar o déficit na segurança alimentar no Brasil, com base na agricultura familiar e nas hortas domésticas.

Publicado
Dec 31, 2018
Como Citar
ALMEIDA, Isabella Cardoso; SÁ, Isabella Bleckmann; SANT’ANNA, Bruna Motta. O direito humano a uma alimentação digna: como a agricultura familiar e as hortas domésticas auxiliam nesse direito. Dignidade Re-Vista, [S.l.], v. 3, n. 6, p. 43-58, dec. 2018. ISSN 2525-698X. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/dignidaderevista/article/view/753>. Acesso em: 21 may 2019.