Aproximações entre Foucault e Mbembe

A Bio/Necro política no devir sujeito dos que não importam

  • Laura Henrique Corrêa Universidade Federal de Alfenas

Resumo

A influência do pensamento Foucaultiano se mostra cada dia mais evidente entre os pensadores da atualidade. Em uma gama espessa de desdobramentos Foucault coloca sua “caixa de ferramentas” a disposição para o entendimento contemporâneo das construções sociais, o que é explorado por Achille Mbembe. Desta maneira, este artigo tem o propósito de realizar aproximações entre Foucault e Mbembe, demonstrando que o conceito de biopolítica do primeiro é a base para a necropolítica do segundo, em uma roupagem de limite. Além de uma breve explanação biográfica dos autores, este estudo utilizará a obra de Mbembe para estabelecer uma conversa com Foucault, por meio de uma pesquisa bibliográfica exploratória, que pretende analisar suas possíveis convergências. Da soberania medieval às classificações dos que não tem utilidade alguma, os resultados confirmaram a hipótese de que o conceito de biopolítica continua presente e em transformação, sendo base para um diagnóstico atual da redução das possibilidades do devir humano, como atualmente é explorado por Mbembe.

Publicado
Jul 31, 2019
Como Citar
CORRÊA, Laura Henrique. Aproximações entre Foucault e Mbembe. Dignidade Re-Vista, [S.l.], v. 4, n. 7, p. 89-101, july 2019. ISSN 2525-698X. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/dignidaderevista/article/view/870>. Acesso em: 21 nov. 2019.