O Caso Lou

A Gênese Jornal´´ística do Primeiro Romance-reportagem Brasileiro

  • Marcelo Bulhões Unesp
  • Ana Carolina Ribeiro dos Santos Unesp

Resumo

Este artigo flagra a gênese jornalístico-textual do que ficou conhecido no Brasil como romance-reportagem, “ciclo” editorial iniciado pela editora Civilização Brasileira em 1975. Busca demonstrar, por meio de amostragem e análise de material textual inédito em pesquisas, que O Caso Lou, o primeiro romance-reportagem desse “ciclo” editorial, possui vínculo estreitíssimo com a cobertura realizada por uma das principais revistas do país daquele período, a Manchete. Tal associação, aliás, é mais direta do que se pode supor, uma vez que as reportagens publicadas por Carlos Heitor Cony foram “transpostas”, com pequenas modificações, para a publicação no livro que deflagrou o “ciclo” do romance-reportagem. Tal relação estreita não implica, todavia, equivalência semântica, uma vez que os distintos suportes e materialidades editoriais de cada veículo (revista e livro) participam profundamente da construção de seus significados. 

Publicado
Jun 28, 2019
Como Citar
BULHÕES, Marcelo; DOS SANTOS, Ana Carolina Ribeiro. O Caso Lou. Revista Alceu, [S.l.], v. 20, n. 38, p. 86-106, june 2019. ISSN 2175-7402. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaalceu/article/view/725>. Acesso em: 21 nov. 2019.
Seção
Artigos