Caminhar e parar. Entre o mattatoio e o chaos

  • Adalton da Motta Mendonça Socíologo, doutor em Planejamento Urbano e Regional, IPPUR | UFRJ

Resumo

A partir das leituras dos livros de Francesco Careri, apresentamos esta resenha crítica onde tentamos ir além e ao contrário. Comentamos desde a antropogeografia o encontro com o lado humano e particular nas obras, construindo um diálogo imaginário com o autor. Careri apresenta o difícil ato de caminhar pela alteridade nos passos e nos laços que nos unem enquanto seres humanos. Nele, descreve simultaneamente o caminho e o caminhante, a alegria e o sofrimento, a sociedade e o ser social que nela habita. São 124 páginas de constante ipsisetnografias através da observação, de antropologia espontânea multissituada, mas também da poética intuição arquitetônica.

Publicado
Nov 25, 2019
Como Citar
MENDONÇA, Adalton da Motta. Caminhar e parar. Entre o mattatoio e o chaos. Revista Prumo, [S.l.], v. 4, n. 6, nov. 2019. ISSN 2446-7340. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/1194>. Acesso em: 22 jan. 2020.