ECO-VERNACULAR; um espaço para o diálogo entre os conhecimentos tradicionais e novos cenários para a sustentabilidade. Caso de estudo:

exposição “Prato de quê?” ­— Museu do Amanhã

  • Elvert Durán Vivanco Mestrado em Design com especialização em Design Vernacular em Sydney, Austrália
  • Alice Alves Ribeiro Arquiteta e Urbanista pela UniCEUB. Pós graduada em Assistência Técnica e Direito à Cidade - UFBA, Brasil
  • João Victor Correia de Melo Mestrado Design Industrial, PUC- Rio, Brasil. Doutorado em Design, PUC- Rio, Brasil

Resumo

A Arquitetura e o Design, seja no desenvolvimento de ideias de processos criativos ou na implementação de projetos, não estão à margem dos emergentes desafios que envolvem o bem-estar das pessoas e do meio-ambiente. Criada por sua própria comunidade em um lugar específico, o design vernacular é a expressão fundamental da identidade desse indivíduos, das suas relações com o território e, ao mesmo tempo, da diversidade cultural existente no mundo. O presente artigo expõe a importância do vernacular para questões essenciais ligadas à sustentabilidade, especificamente as relacionadas aos futuros cenários críticos do consumo de água na autoprodução de alimentos em pequena escala. Além disso, essa pesquisa ilustra estes importantes tópicos, através da exposição “Prato de quê?” (2019), desenvolvida entre o Museu do Amanhã, o Laboratório de Investigação em Livre Desenho (LILD- Brasil) e a Universidad del Bío-Bío, Chile.
Palavras-chaves: Design Vernacular, Sustentabilidade, Aquaponia


ABSTRACT
Architecture and Design, whether developing ideas in creative process or implementing projects, are not out from the emerging challenges that involve people and environmental well-being. Created by its own community in a specific place, vernacular design is a fundamental identity expression of these individuals, their relationship with its territory and, at the same time, the cultural diversity of the world. This article express the importance of vernacular for essential sustainability issues, specifically related to future critical scenarios of water consumption in small scale food self-production. Moreover, this research will illustrate these important topics throughout the exhibition “Prato do Que” (2019), developed by Museum of Tomorrow, with the Laboratório de Investigação em Livre Desenho (LILD - Brasil) and Universidad del Bío-Bío, Chile.
Keywords: Vernacular Design, Sustainability, Aquaponic

Publicado
Mar 23, 2020
Como Citar
VIVANCO, Elvert Durán; RIBEIRO, Alice Alves; DE MELO, João Victor Correia. ECO-VERNACULAR; um espaço para o diálogo entre os conhecimentos tradicionais e novos cenários para a sustentabilidade. Caso de estudo:. Revista Prumo, [S.l.], v. 5, n. 8, mar. 2020. ISSN 2446-7340. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/1259>. Acesso em: 27 sep. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.24168/revistaprumo.v0i8.1259.
Seção
Artigos