Rua do Catete: A Flânerie como Prática de Intervenção Urbana

  • Pâmela Paris Ávila Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Resumo

O ser humano é um ser que se movimenta com ou sem intenção ou objetivo. Ele perambula ou flana descobrindo e explorando o espaço vivido, se apropriando dele através do caminhar pela fruição e pelo prazer de sentir e vivenciar o espaço. Neste presente artigo, a autora vivencia esse espaço na atual configuração da Rua do Catete, no bairro do mesmo nome no Rio de Janeiro. A combinação de trechos preservados com edifícios construídos em terrenos remanescentes de demolições, junto à persistência de vazios urbanos, mostram uma relação transacionalista que oferece a possibilidade de ampliar a compreensão desse objeto de estudo. O objetivo deste trabalho é analisar a evolução do espaço urbano e também dos indivíduos (flâneurs) que habitam e percebem a cidade. Por meio da imersão em campo pelo método da flânerie, inspirado no conceito criado por Walter Benjamin a partir de textosde Charles Baudelaire, é criada uma cartografia textual como ferramenta interpretativa. Esse método possibilita
a percepção do espaço focada nos detalhes que se materializam no tempo, revelando outros “territórios” além daqueles demarcados pela história.
Palavras-chave: Rua do Catete; Flânerie; Flâneur; Intervenção Urbana.


Abstract
The human being is a being that moves with or without intention or objective. He wanders or wanders discovering and exploring the lived space, appropriating it through walking for the enjoyment and pleasure of feeling and experiencing the space. In this article, the author experiences this space in the current configuration of Catete Street, in the neighborhood of the same name in Rio de Janeiro. A transactional relationship that offers the possibility of broadening the understanding of this object of study. The objective of this work is to analyze the evolution of the urban space and also of the individuals (flâneurs) that inhabit and perceive the city. Through field immersion using the flânerie method, inspired by the concept created by Walter Benjamin from texts by Charles Baudelaire, a textual cartography is created as an interpretive tool. This method enables the perception of space focused on details that materialize in time, revealing other “territories”, in addition to those demarcated by history.
Keywords: Catete Street; Flânerie; Flâneur; Urban intervention.

Publicado
Dec 29, 2021
Como Citar
ÁVILA, Pâmela Paris. Rua do Catete: A Flânerie como Prática de Intervenção Urbana. Revista Prumo, [S.l.], v. 6, n. 09, p. 13, dec. 2021. ISSN 2446-7340. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/1692>. Acesso em: 17 may 2022. doi: http://dx.doi.org/10.24168/revistaprumo.v6i09.1692.
Seção
Artigos