O porquê de Valparaíso

  • Mauricio Puentes, Dr. Pontificia Universidad Católica de Valparaíso,

Resumo

Valparaíso, cidade-porto, foi originalmente concebida como o porto natural da capital chilena, Santiago. Não estava previsto outorgar-lhe a qualidade de cidade por parte das autoridades enviadas pela Coroa espanhola do Peru em seu processo de colonização dos territórios, como ocorrera com a fundação das cidades do interior. Entretanto, Valparaíso foi se configurando como tal até se consolidar como uma das mais importantes cidades do Chile, sendo por décadas considerada o principal centro econômico do país. Nesse processo de povoamento, a complexa topografia da cidade condicionou a aplicação de modelos urbanísticos, razão pela qual a autoconstrução deu forma à complexa trama urbana que até hoje persiste nos seus relevos. Este artigo se propõe a demonstrar as causas e os acontecimentos que permitiram que a autoconstrução de habitações para famílias de origem principalmente rural desse forma ao atual traçado da cidade — forma urbana espontânea e original, nascida na periferia, que não corresponde a nenhum traçado oficial e que persiste até os dias de hoje.


Palavras-chave: Valparaíso; autoconstrução; crescimento urbano.

Publicado
Jun 18, 2017
Como Citar
PUENTES, Mauricio. O porquê de Valparaíso. Revista Prumo, [S.l.], v. 2, n. 3, june 2017. ISSN 2446-7340. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/326>. Acesso em: 26 sep. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.24168/revistaprumo.v2i3.326.