Estratificações urbanas

Preexistências e projeto contemporâneo entre conhecimento e uso

  • Alessandro Massarente Universidade de Ferrara - UNIFE, Itália
  • Luyza De Luca Departamento de Arquitetura e Urbanismo - DAU | PUC-Rio
  • Ana Paula Polizzo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU-UFRJ

Resumo

Numerosos projetos na história da arquitetura modificaram os usos de edifícios preexistentes nos quais é possível reconhecer uma identidade formal clara: frequentemente, nesses casos, a intervenção de transformação contribuiu não apenas para manter a construção viva, mas também, para fortalecer sua unidade figurativa e seu papel na cidade.
Confrontado com uma “tradição moderna”, composta por edifícios e projetos, mas também com um horizonte amplo e variado de textos, escritos e artigos que exploraram esta vertente da arquitetura e que caracterizou uma importante fase da arquitetura italiana do século XX, o projeto contemporâneo nas preexistências históricas é cada vez mais claramente definido como uma forma que o arquiteto tem de explorar sua relação com o presente, através de algumas estratégias possíveis.
Palavras-chave: Estratificação urbana, projeto de conhecimento, projeto de uso.

Publicado
Oct 30, 2018
Como Citar
MASSARENTE, Alessandro; DE LUCA, Luyza; POLIZZO, Ana Paula. Estratificações urbanas. Revista Prumo, [S.l.], v. 3, n. 4, p. 19, oct. 2018. ISSN 2446-7340. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaprumo/article/view/764>. Acesso em: 09 dec. 2018.
Seção
Artigo Traduzido