Edição atual

n. 4 (2017): Pluralismo Cultural e Religioso

O ser humano é chamado a viver em comunidade. Fazemos parte de um todo e estamos em profundo contato com o diferente. Para que possamos viver de maneira democrática em meio a esta sociedade plural, é necessário conhecer e, ao mesmo tempo, respeitar a diversidade, o pluralismo e as diversas expressões culturais que formam a sociedade. O Brasil é composto por esta multiplicidade de valores, raças, crenças e tradições, e contemplar cada região brasileira nos ajuda a compreender e a compor este rico mosaico onde a diversidade torna-se o tom que dá vida a toda esta obra de arte.

O pluralismo cultural verificado na sociedade brasileira, que tem em sua origem a miscigenação de povos, carrega consigo fortes marcas da fé, visto que, por muitas vezes, traduz-se em uma diversidade de crenças. Cultura e religião, historicamente, caminham juntas e, portanto, influenciam-se mutuamente. Tendo isso em vista, é evidente a necessidade de buscar, tanto na heterogeneidade cultural como na religiosa, as respostas para superar os preconceitos propagados em nossa sociedade e compreender as diferenças que nela subsistem.

A Pastoral Universitária Anchieta incentivou o corpo discente da PUC-Rio, em seus diferentes campos de estudo, a desenvolver artigos de cunho científico, com base nos Direitos Humanos, que abordem o tema “Pluralismo Cultural e Religioso”. É nosso objetivo com o tema proposto, que o estudante reflita e tome cada vez mais consciência da importância e do exercício dos Direitos Humanos diante da diversidade cultural e religiosa que enriquece a sociedade. 

Publicado: 27-05-2018

Artigos

Ver Todas as Edições