Estudos prisionais nas Ciências da Religião e Teologia

Situação, desafios e possibilidades

  • Lucas Henrique Pereira Duarte PUCPR

Resumo

O presente texto é um estudo parcial de um projeto de pesquisa mais amplo sobre o cárcere no campo da Teologia Pública, que busca conciliar teorias e práticas disruptivas para a abolição dos aparelhos punitivos, por meio de análise bibliográfica, entendendo as razões e práticas punitivas ao longo da história e identificando sedimentos teológicos na estrutura prisional. Trata-se, aqui, apenas uma abordagem preliminar de investigação do status quaestionis dos estudos prisionais na área de Ciências da Religião e Teologia. Para tanto, fez-se necessário conhecer a pesquisa sobre prisão no quadro mais amplo das ciências jurídicas e sociais, realçando a importância da obra Surveiller et punir (1975) de Michel Foucault para a academia brasileira. Logo, passamos a focar em nossa área, destacando dissertações e teses recentes, publicações e eventos, tanto no contexto brasileiro como internacional, mapeados pela nossa pesquisa. Assim, foi possível analisar as produções, localizar encontros e desencontros e apontar possíveis caminhos para o estudo crítico das prisões desde a tradição libertadora latino-americana como Teologia Pública.

Publicado
Jul 31, 2020
Como Citar
DUARTE, Lucas Henrique Pereira. Estudos prisionais nas Ciências da Religião e Teologia. Pesquisas em Teologia, [S.l.], v. 3, n. 5, p. 133-153, july 2020. ISSN 2595-9409. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/article/view/1292>. Acesso em: 27 sep. 2020. doi: http://dx.doi.org/10.46859/PUCRio.Acad.PqTeo.2595-9409.2020v3n5p133.
Seção
Artigos do dossiê