Um olhar sobre o flagelo do novo coronavirus em chave apocalíptica

uma reflexão teológica de Ap 6,1-8

  • Gilvan Leite de Araújo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • Izabel Patuzzo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Resumo

Desde o início da pandemia, provocada pela disseminação do Covid-19, há inúmeras reflexões sobre sua origem, mudanças e transformações por ela provocadas. O impacto deste flagelo, com dimensões globais, provocou uma paralização nas mais diversas atividades socioeconômicas. O presente artigo propõe, primeiramente, uma reflexão teológico-cristã sobre flagelos que assolam a humanidade sob a perspectiva da literatura do Apocalipse de João. Em tal literatura, os flagelos não eram castigo divino, mas resultado das más ações humanas. Este olhar era uma forma de resistência, buscando reconstruir a esperança dos discípulos de Jesus Cristo, em um período de grandes sofrimentos. Os dois pontos seguintes, inspirados na visão apocalítica, refletem sobre algumas possíveis causas da atual Pandemia. Ambientalistas e profissionais de diversos âmbitos da saúde têm alertado autoridades políticas e econômicas há décadas, acerca desses riscos. Buscando luzes na postura crítica e de resistência da literatura apocalíptica, o artigo pretende destacar que os movimentos que deram origem a esses escritos apontam caminhos de compreensão para as verdadeiras causas dos flagelos numa perspectiva de fé, a fim de preservar a vida e construir um mundo mais fraterno e solidário.

Publicado
Aug 31, 2021
Como Citar
ARAÚJO, Gilvan Leite de; PATUZZO, Izabel. Um olhar sobre o flagelo do novo coronavirus em chave apocalíptica. Pesquisas em Teologia, [S.l.], v. 4, n. 7, p. 7-25, aug. 2021. ISSN 2595-9409. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/article/view/1527>. Acesso em: 18 jan. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.46859/PUCRio.Acad.PqTeo.2595-9409.2021v4n7p7.
Seção
Artigos do dossiê