A pós-modernidade sob análise

Reflexão e crítica dos teólogos da libertação

  • Isabel de Lavôr e Silva Instituto Federal de Brasília

Resumo

A pós-modernidade ficou conhecida como um período fortemente marcado pelo individualismo, pelo uso excessivo da tecnologia, e perda de valores tidos como certos pela modernidade. Tais mudanças alteraram a cultura, a arte, a política e a relação entre os indivíduos, estabelecendo novos vínculos entre a religião e a espiritualidade. Diante deste cenário, o presente artigo tem por objetivo, refletir acerca desse período histórico, tendo como referência teórica, a Teologia da Libertação. A partir das contribuições dos teólogos da libertação, busca-se compreender de que maneira esses líderes interpretam a religiosidade pós-moderna. Os representantes da Teologia da Libertação defendem uma corrente teológica que sempre buscou a emancipação dos pobres e a justiça social, conclamando a Igreja a uma maior participação política. Deste modo, o olhar destes pensadores irá nortear a pesquisa, haja visto seu engajamento com temáticas recorrentes da pós-modernidade, em busca de uma relação dialógica com a espiritualidade e teologia.

Publicado
Dec 30, 2021
Como Citar
LAVÔR E SILVA, Isabel de. A pós-modernidade sob análise. Pesquisas em Teologia, [S.l.], v. 4, n. 8, p. 233-246, dec. 2021. ISSN 2595-9409. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/article/view/1637>. Acesso em: 08 dec. 2022. doi: http://dx.doi.org/10.46859/PUCRio.Acad.PqTeo.2595-9409.2021v4n8p233.
Seção
Artigos do dossiê