CARRINHOS PARA CRIANÇA: TÓPICOS EM ERGONOMIA, USABILIDADE E ACESSIBILIDADE

  • Walter Franklin Marques Correira Laboratório de Concepção e Análise de Artefatos Inteligentes/CAC, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil
  • Weynner Kenneth Santos Laboratório de Concepção e Análise de Artefatos Inteligentes/CAC, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil
  • Ruth Epsztejn Diretoria de Avaliação da Conformidade/Inmetro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Luciana Carvalho Diretoria de Avaliação da Conformidade/Inmetro, Rio de Janeiro, Brasil
  • Karine Murad

Resumo

A equipe do Inmetro realizou uma análise preliminar em um carrinho para criança devido a um relato de acidente registrado na sua Ouvidoria. Foram constatados que todos os requisitos de segurança e de registro do produto foram cumpridos e a avaliação de risco do produto obteve nível de risco grave. Foi então estabelecido o contato à equipe do Laboratório de Concepção e Análise de Artefatos Inteligentes - LaCA2I da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE para estudo técnico do problema e identificação de possível revisão de normas/regulamentos no que tange ao design. O estudo foi desenvolvido segundo abordagem dedutiva de pesquisa. O artigo apresenta diretrizes, guias, requisitos e apontamentos de design de produto, baseados no corpo de conhecimento da Experiência do Usuário, mais especificamente, nas disciplinas de Ergonomia, Usabilidade e Acessibilidade, complementadas por tópicos de estética e Design Emocional. Nos resultados, são demonstrados dados preliminares de sua aplicação num teste piloto desse conjunto de avaliações com o modelo problemático, sugestões de itens dos temas estudados para a norma ABNT NBR 14389:2010: Segurança de carrinhos para crianças.

Publicado
Jun 30, 2020
Como Citar
CORREIRA, Walter Franklin Marques et al. CARRINHOS PARA CRIANÇA: TÓPICOS EM ERGONOMIA, USABILIDADE E ACESSIBILIDADE. Ergodesign &amp; HCI, [S.l.], v. 8, n. 1, p. 1-19, june 2020. ISSN 2317-8876. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaergodesign-hci/article/view/1448>. Acesso em: 23 jan. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.22570/ergodesignhci.v8i1.1448.