COERÊNCIA, COMPLEXIDADE E NOVIDADE PERCEBIDAS EM DISPOSITIVOS DE PULSO PARA CORREDORES

  • Renan Cruz da Silva Universidade Federal de Pernambuco (PPGDesign), Recife, Brasi
  • Lourival Lopes Costa Filho Universidade Federal de Pernambuco (Curso de Design / PPGDesign / PPErgo), Caruaru e Recife, Brasil

Resumo

Este artigo apresenta uma pesquisa que teve por objetivo analisar os efeitos da coerência, complexidade e novidade de dispositivos de pulso esportivos para corredores na Qualidade Visual Percebida. Foi usada a Teoria das Facetas para o delineamento da pesquisa e os métodos de Sistema de Classificação Múltipla e Análise de Estrutura de Similaridade (Similarity Structure Analysis - SSA) para, respectivamente, a coleta e a análise dos dados obtidos. As evidências empíricas apontam que as três categorias de dispositivos de pulso tomadas para estudo mostraram-se aderentes à avaliação proposta, que os participantes são mais influenciados por dispositivos de pulso para corredores com contraste baixo (coerência alta), complexidade moderada e preferem o estilo típico em relação à Qualidade Visual Percebida, e que inexiste consenso dos resultados entre os corredores masculinos e femininos da população amostral abordada.

Publicado
Jun 30, 2020
Como Citar
SILVA, Renan Cruz da; COSTA FILHO, Lourival Lopes. COERÊNCIA, COMPLEXIDADE E NOVIDADE PERCEBIDAS EM DISPOSITIVOS DE PULSO PARA CORREDORES. Ergodesign &amp; HCI, [S.l.], v. 8, n. 1, p. 116-130, june 2020. ISSN 2317-8876. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaergodesign-hci/article/view/1464>. Acesso em: 23 jan. 2021. doi: http://dx.doi.org/10.22570/ergodesignhci.v8i1.1464.