Heiliger Raum

Exegese und Rezeption der Heiligtumstexte in Ex 24–40

  • PETTERSON BREY PUC-SP

Resumo

Propõe-se, aqui, uma resenha crítica do livro organizado por Matthias Hopf, Wolfgang Oswald e Stefan Seiler, intitulado “Heiliger Raum: Exegese und Rezeption der Heiligtumstexte in Ex 24–40” (Espaço Sagrado: Exegese e recepção dos textos do Santuário em Ex 24-40), de 2016, pela Verlag W. Kohlhammer, ainda sem tradução para o Português. Pretende-se avaliar, no âmbito desse breve texto, a pertinência da referida obra para o campo da exegese bíblica, porquanto, em perspectiva da índole metafórica de um dos objetos de estudo mais importantes da teologia – o santuário exodal –, a interpretação da simbologia das narrativas do Pentateuco pode, também, ser considerada uma empreitada hermenêutica, conquanto seja monitorada por ferramentas metodológicas teologicamente ajustadas. O desenvolvimento, portanto, dessa abordagem ao livro de Hopf, Oswald e Seiler, percorrerá as seguintes etapas: (1) os autores; (2) a obra; (3) considerações finais.

Publicado
Dec 7, 2023
Como Citar
BREY, PETTERSON. Heiliger Raum. Pesquisas em Teologia, [S.l.], v. 6, n. 12, p. 370 - 374, dec. 2023. ISSN 2595-9409. Disponível em: <https://periodicos.puc-rio.br/index.php/pesquisasemteologia/article/view/1941>. Acesso em: 27 feb. 2024. doi: http://dx.doi.org/10.46859/PUCRio.Acad.PqTeo.2595-9409.2023v6n12p370.