Educação Geográfica, Dilemas e Desafios Contemporâneos

  • Enio Serra Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

Compreender os dilemas e desafios contemporâneos e seus impactos na educação não tem sido tarefa fácil nos últimos anos. Uma série de acontecimentos vêm ocorrendo e indignado os profissionais da educação que acreditam e lutam pela escola pública de qualidade social, bem como por políticas educacionais que garantam o direito de todos à educação escolar, principalmente para classes sociais subalternizadas pelo modo de produção vigente. Alterações na estrutura organizacional com empobrecimento curricular no Ensino Médio, imposição de uma base curricular nacional que pouco dialoga com a diversidade regional e cultural do país, movimentos conservadores que perseguem professores e estabelecem uma verdadeira cruzada moralista e reacionária contra a perspectiva crítica e emancipatória da educação, tudo isso vem transformando o mundo da educação em algo tenso e preocupante. Trazer essas questões para a reflexão e analisar seus efeitos na Educação Geográfica é o objetivo principal desse texto. Para tanto, se inicia com considerações sobre a própria Educação Geográfica, isto é, sobre seu significado, sua trajetória e os dilemas que a afligem desde sempre. Reflexões sobre as políticas de cunho neoliberal e sobre os principais movimentos conservadores também são apresentadas no intuito de se tentar compreender suas origens, formas de atuação e impactos na prática docente de Geografia. O texto finaliza chamando a atenção para a necessidade de reação e enfrentamento dos professores que acreditam na contribuição da educação para a construção de uma sociedade mais justa, mais fraterna e menos desigual a partir de estudos e práticas investigativas que ajudem a compreender o contexto atual e auxiliem no fortalecimento de argumentos.


Palavras-chave: Educação Geográfica. Políticas Educacionais. Movimentos Conservadores.


 


Abstract


Understanding contemporary dilemmas and challenges and their impact on education has not been an easy task. A series of events has been happening and resenting professionals in the area who believe and fight for public school to have social quality as well as they fight for educational policies which grant the right of all to formal education, in particular to social classes made underling to current production method. Changes in the organizational structure have led to curriculum depletion in high schools, implemented by the National Curricular Base which tells little of the broad regional and cultural diversity in the country, conservative movements which harass teachers and establish a truly moralist, and a reactionary crusade against critical, emancipative perspective towards education into something tense and worrisome. Bringing these issues into reflection and analyzing their effects on Geography Education is the main goal of the text. To do so, it begins with the considerations about Geography Education itself, i.e. its meaning, history and the dilemmas which have always surrounded it. Reflections about policies slanted towards a neoliberal agenda and the main conservative movements are also presented with the intention of understanding its origins, forms of action, and the intention of understanding the impacts on the practical teaching of Geography. The text concludes on drawing attention to the need of reacting and fighting for the actual contribution of education to build a fairer, more fraternal, less unequal society, departing from studies and practices researched which could help understand the current context and strengthening supporting arguments towards this goal.


Keywords: Geographical Education, Educational Policies, Conservative Movements.

Publicado
Oct 15, 2019
Como Citar
SERRA, Enio. Educação Geográfica, Dilemas e Desafios Contemporâneos. Revista Educação Geográfica em Foco, [S.l.], v. 3, n. 6, oct. 2019. ISSN 2526-6276. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaeducacaogeograficaemfoco/article/view/1153>. Acesso em: 21 nov. 2019.