Estado, Poder e Toponímia: análise toponímica de 55 nomes dos Centros Educa Mais da rede pública estadual do Maranhão através de um olhar geográfico

  • Erielson Miranda Pereira Universidade Federal do Rio Grande do Norte (mestre)
  • Gleyson Pinheiro Albano Universidade Federal de Uberlândia

Resumo

O propósito deste artigo é apresentar a estratégia pela qual a toponímia foi utilizada como recurso para análise dos nomes das escolas que compõem os Centros Educa Mais, modelo de escolas públicas adotadas pelo Governo do Estado do Maranhão desde 2016 que visa o desenvolvimento dos estudantes por meio de ações integradas e em tempo integral.  O lócus investigativo é composto de 55 escolas, distribuídas em 33 municípios, que constam nos arquivos do site da Secretaria de Educação do Estado, aba Educa Mais. A pesquisa tem como base os estudos da Toponímia em que se objetiva proceder à identificação, à descrição e à análise desse sistema. Optou-se por explanar sobre a toponímia, conceituando e classificando a partir dos estudos de Dick (1990) para analisar os topônimos catalogados estabelecendo uma leitura crítica a partir de uma percepção toponímica possibilitando reconhecer aspectos geográficos e culturais. Os resultados permitiram validar de forma positiva o tema, identificando que existe um padrão toponímico entre o ato de nomear os espaços públicos e o contexto histórico em que se atribui os nomes, o tributo a representantes do poder político e seus familiares e elementos religiosos frente a elementos físicos da região como forma de imprimir as relações de poder e posse.


Palavras-chave: Toponímia, Estado, Poder, Lugar.


Abstract


The purpose of this article is to present the strategy by which toponymy was used as a resource for analyzing the names of the schools that make up the Educa Mais Centers, a model of public schools adopted by the State of Maranhão since 2016 that aims to develop students through integrated and full-time actions. The investigative locus is made up of 55 schools, distributed in 33 municipalities, which are included in the archives of the website of the State Department of Education, tab Educa Mais. The research is based on Toponymy studies in which the objective is to proceed to the identification, description and analysis of this system. It was decided to explain about toponymy, conceptualizing and classifying it based on the studies by Dick (1990) to analyze the cataloged place names establishing a critical reading from a toponymic perception allowing to recognize geographic and cultural aspects. The results allowed to positively validate the theme, identifying that there is a toponymic pattern between the act of naming public spaces and the historical context in which names are attributed, the tribute to representatives of the political power and their families and religious elements in the face of physical elements of the region as a way of printing the relations of power and possession.


Key words: Toponymy, State, Power, Place.

Publicado
Oct 26, 2021
Como Citar
PEREIRA, Erielson Miranda; ALBANO, Gleyson Pinheiro. Estado, Poder e Toponímia: análise toponímica de 55 nomes dos Centros Educa Mais da rede pública estadual do Maranhão através de um olhar geográfico. Revista Educação Geográfica em Foco, [S.l.], v. 5, n. 10, oct. 2021. ISSN 2526-6276. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaeducacaogeograficaemfoco/article/view/1542>. Acesso em: 18 jan. 2022.