O Sentido da Representação da Ciência Geográfica para os Discentes dos Anos Iniciais da Graduação em Geografia

  • Larissa Sousa Mendes Universidade Federal do Rio Grande do Norte (doutoranda)

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo refletir sobre o sentido da representação social da ciência geográfica partilhada pelos discentes dos anos iniciais de um curso de licenciatura em Geografia, de uma Instituição de Ensino Superior pública, localizada em Teresina-PI. Para tanto, buscou-se apoio na teoria de Bourdieu (1979), particularmente quanto ao conceito de campo social, e na Teoria das Representações Sociais, proposta por Moscovici (1969). Os dados da pesquisa foram produzidos com base no Teste de Associação Livre de Palavras (TALP). A análise dos dados realizou-se conforme a análise de conteúdo categorial com base em Bardin (1986). Nessa perspectiva, tomou-se como referencial teórico os trabalhos de Jodelet (2001); Kaercher (2007), Pontuschka (2010), Cavalcanti (2001), Morin (2008), entre outros. Como resultados, identificou-se que as representações partilhadas pelos discentes sobre a geografia, revelam, para eles, está ciência como o estudo dos fenômenos manifestados na superfície terrestre e, ainda, como uma ciência de síntese. Constata-se então, nessas representações, forte repercussão ainda do senso comum e apego aos pressupostos da geografia tradicional.


Palavras-chave: Campo social; Geografia; Representações sociais.


Abstract


This research aims to reflect on the meaning of the social representation of geographic science shared by students from the early years of a degree course in Geography, at a public Higher Education Institution, located in Teresina-PI. For this, support was sought in the theory of Bourdieu (1979), particularly with regard to the concept of social field, and in the Theory of Social Representations, proposed by Moscovici (1969). The survey data were produced based on the Free Word Association Test (TALP). Data analysis was carried out according to the categorical content analysis based on Bardin (1986). In this perspective, the works of Jodelet (2001) were taken as a theoretical reference; Kaercher (2007), Pontuschka (2010), Cavalcanti (2001), Morin (2008), among others. As a result, it was identified that the representations shared by the students about geography reveal, for them, this science as the study of phenomena manifested on the terrestrial surface, and also as a science of synthesis. It is verified, then, in these representations, strong repercussion of common sense and attachment to the assumptions of traditional geography.


Keywords: Social field; Geography; Social representations.

Publicado
Oct 18, 2021
Como Citar
MENDES, Larissa Sousa. O Sentido da Representação da Ciência Geográfica para os Discentes dos Anos Iniciais da Graduação em Geografia. Revista Educação Geográfica em Foco, [S.l.], v. 5, n. 10, oct. 2021. ISSN 2526-6276. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaeducacaogeograficaemfoco/article/view/1567>. Acesso em: 18 jan. 2022.