EDUCAÇÃO GEOGRÁFICA E EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL

A EXPERIÊNCIA DO MUTIRÃO DE REFLORESTAMENTO E O POTENCIAL FORMATIVO DA GEOGRAFIA ALÉM DOS MUROS DA ESCOLA

  • Marcus Pianura graduação PUC-Rio

Resumo

O presente artigo compreende um estudo de caso sobre o Programa Mutirão de Reflorestamento, com o objetivo de avaliar, de maneira preliminar, o potencial formativo do Programa, à luz do conceito de educação geográfica e da formação para a cidadania. Para tanto, realizamos um levantamento feito através de entrevistas com pessoas envolvidas com o Programa. Observamos que os esforços para a promoção da educação ambiental associada ao Programa têm sido importantes, porém ainda reduzidos. Com isso, espera-se chamar a atenção para esta lacuna e para a necessidade de ocupar estes espaços de aprendizagem.


Palavras Chave: Educação Geográfica, Educação Não-Formal, Educação Ambiental, Programa Mutirão de Reflorestamento


Abstract


This article includes a case study research about the Mutirão de Reflorestamento Program, in order to evaluate, in a preliminary way, the formative potential of the Program, within the concept of geographic education and formation for citizenship. To do so, we conducted a survey through interviews with people involved with the Program. We note that efforts to promote environmental education associated with the Program have been important, but still small. Thus, we hope to draw attention to this gap and the need to fill these spaces of learning.


Key Words: Geographic Education, Non-formal Education, Enviromental Education, Mutirão de Reflorestamento Program

Publicado
Dec 23, 2018
Como Citar
PIANURA, Marcus. EDUCAÇÃO GEOGRÁFICA E EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL. Revista Educação Geográfica em Foco, [S.l.], v. 2, n. 4, dec. 2018. ISSN 2526-6276. Disponível em: <http://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaeducacaogeograficaemfoco/article/view/854>. Acesso em: 21 feb. 2019.