A INTERVENÇÃO DO DESIGN DE INTERAÇÃO NO CONTEXTO EDUCACIONAL DOS USUÁRIOS COM DISLEXIA E PSICOSE INFANTIL

Resumo

O objetivo deste estudo é apresentar uma revisão integrativa de literatura, ao buscar por artigos, teses e dissertações nacionais e internacionais que abordam o tema do design de interação voltados para dislexia e psicose. As bases de dados utilizadas para o levantamento das fontes bibliográficas foram a Scielo e Portal Capes. Utilizou-se uma busca avançada, adotando os seguintes descritores em português e seus correspondentes em inglês para a pesquisa: dislexia (dyslexia); psicose (psychosis) e design de interação (Interection design). Como critérios de inclusão foram considerados os artigos completos em inglês e português publicados nos últimos cinco anos, observados a partir da leitura do título e resumo/abstract. Foram excluídos desta revisão os artigos repetidos nas bases de dados e artigos que apresentaram softwares para avaliar a leitura de sujeitos sem dislexia e psicose. O fomento da pesquisa surgiu a partir do questionamento que envolve em averiguar a partir da literatura pesquisada se os elementos de interação dos livros digitais e dos jogos auxiliam na inclusão do usuário com déficit de aprendizagem. Em geral, os trabalhos publicados atentaram que a construção e aplicação de instrumentos visam facilitar o desempenho do disléxico e do psicótico no processo educacional.

Publicado
Dec 30, 2022
Como Citar
GOMES, Anne Ramayhara Mendes; COSTA REIS, Iraselma; CORDEIRO FURTADO, Cássia. A INTERVENÇÃO DO DESIGN DE INTERAÇÃO NO CONTEXTO EDUCACIONAL DOS USUÁRIOS COM DISLEXIA E PSICOSE INFANTIL. Ergodesign &amp; HCI, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 87-101, dec. 2022. ISSN 2317-8876. Disponível em: <https://periodicos.puc-rio.br/index.php/revistaergodesign-hci/article/view/1811>. Acesso em: 26 feb. 2024. doi: http://dx.doi.org/10.22570/ergodesignhci.v10i2.1811.